SEDUTOR

Sedutor é das primeiras músicas publicadas de Chiquinha Gonzaga, pois teve edição pela Casa da Viúva Canongia, ainda em 1877, ano de estreia da compositora, ao lado das polcas Atraente, Não insistas, rapariga!, Sultana, Os olhos dela e das valsas Plangente e Harmonias do coração. O Jornal do Commercio de 28 de setembro de 1877 noticia: “Saiu à luz Sedutor – tango da amadora Francisca Gonzaga (autora de Atraente). Este tango foi com maestria executado pela banda, que durante estes dias tem-se feito ouvir no coreto da praça do Comércio, sendo muito aplaudido pelo público, que por diversas vezes pediu repetição; à venda na Viúva Canongia.” No mês seguinte, volta a comentar: “Este tango foi com maestria executado pela excelente banda que tocou durante os festejos do feliz regresso de SS. MM. Imperiais. Fez-se ouvir no coreto da Praça do Comércio, sendo muito aplaudido pelo público” (9/10/1877). Em meados de novembro já estava em terceira edição. Passou a ser publicada depois pela Casa Artur Napoleão na série Coleção de Tangos e Habaneras para Piano. Foi gravado por Maria Teresa Madeira (piano), em 1999.

Edinha Diniz, 2011

download das partituras

 

  Parceria Institucional Produção Patrocínio
Lei de Incentivo à Cultura Instituto Moreira Salles Sociedade Brasileira de Autores Integrar Produções Culturais e Eventos EMC Natura Ministério da Cultura