Autor: Silvana Beeck Stival
Dissertação (mestrado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Letras/Literatura Brasileira.

A Dissertação Chiquinha Gonzaga em Forrobodó é uma forma de investigar “A contribuição de Chiquinha Gonzaga no desenvolvimento da música popular e do teatro musicado brasileiro em fins do século XIX e primeiras décadas do século XX”. Seu objetivo é demonstrar a habilidade com que Chiquinha Gonzaga criava suas composições para o teatro musicado, a jocosidade produzida pelo ritmo do maxixe e o próprio processo de urbanização da cidade do Rio de Janeiro, que provocou o surgimento de uma classe social intermediária, formada por homens livres, desejosos de alcançar o status social da elite. Para tanto, escolhe-se como texto de análise a peça Forrobodó, de Luiz Peixoto e Carlos Bettencourt, musicada por Chiquinha Gonzaga, em 1912.

Baixar texto completo