Imperatriz Leopoldinense “Eu sou da lira, não posso negar”

Imperatriz Leopoldinense “Eu sou da lira, não posso negar”

Imperatriz Leopoldinense, carnaval de 1997. Apresentação da comissão de frente da escola de samba Imperatriz Leopoldinense na Marquês de Sapucaí, Rio de Janeiro. Com o enredo "Eu sou da lira, não posso egar", em homenagem à compositora Chiquinha Gonzaga, a escola ficou com o 6º lugar. (Foto publicada na Folha da S.Paulo no dia 11 [...]
Forrobodó, um choro na Cidade Nova

Forrobodó, um choro na Cidade Nova

  Em julho deste ano, estreou no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro o teatro de revista "Forrobodó, um choro na Cidade Nova", um dos grandes sucessos teatrais musicados por Chiquinha. No ano seguinte, o espetáculo seguiu em turnê para São Paulo, Brasília e Belo Horizonte. Texto de Carlos Bittencourt e Luiz [...]
O Xangô de Baker Street, por Jô Soares

O Xangô de Baker Street, por Jô Soares

Chiquinha Gonzaga é personagem importante do romance policial escrito por Jô Soares A trama ressuscita um Rio de Janeiro de fins do século XIX governado pela monarquia, envolvendo uma nobreza bajuladora e uma turma de boêmios cariocas. Nesta história o famoso detetive inglês Sherlock Holmes  é convidado para desvendar misteriosos assassinatos em séries e tem [...]
Mangueira “Abram alas que eu quero passar”

Mangueira “Abram alas que eu quero passar”

Mangueira, carnaval de 1985. "Abram alas que eu quero passar" foi o enredo que o G.R.E. S. Estação Primeira de Mangueira escolheu para homenagear Chiquinha Gonzaga que há 50 anos deixava saudades. O samba-enredo era de Helio Turco, Jurandir e Darcy e o enredo assinado por Edinha Diniz e Eloy Machado. Ao apostar no tema [...]
Chiquinha Gonzaga – Ó Abre Alas, com Regina Braga

Chiquinha Gonzaga – Ó Abre Alas, com Regina Braga

De Maria Adelaide Amaral baseado em argumento e pesquisa de Edinha Diniz músicas de Chiquinha Gonzaga   ELENCO | PERSONAGEM (por ordem alfabética) ALBERICO SOUZA: cavalheiro 2 — espectador 3 — folião 2 — transeunte 2 — coro ANTONIO DE ANDRADE: jornaleiro — moleque das partituras — mulato 2 — bilheteiro — coro ARI GUIMARÃES: irmão das almas [...]

Ó abre alas, por Maria Adelaide Amaral

Baseado na obra Chiquinha Gonzaga: uma história de vida, de Edinha Diniz, Ó abre alas foi a primeira peça teatral dedicada a contar a vida da compositora. O texto da peça é de 1983, e foi encenado pela primeira vez em 1984, tendo como protagonista Regina Braga. Mais tarde também foi grande sucesso com Rosamaria Murtinho, em [...]
Selo Comemorativo “Compositores Brasileiros”

Selo Comemorativo “Compositores Brasileiros”

Selo Comemorativo Coleção Mestres da Música. A Casa da Moeda do Brasil lançou um selo comemorativo do centenário da polca Atraente desenhado por Martha Poppe, integrando a coleção "Compositores brasileiros". Além de Chiquinha, Noel Rosa e Heitor Villa-Lobos.    
Chiquinha Gonzaga, com Eva Todor

Chiquinha Gonzaga, com Eva Todor

Em agosto 1974, no Teatro Dulcina, estreava o musical Chiquinha Gonzaga, protagonizado pela atriz Eva Todor.  Texto de Carlos Paiva e Elsa Pinho Osborne, com direção e cenografia de Pernambuco de Oliveira.  (Jornal do Brasil, 1/7/1974) “Nunca recorremos a incentivos do governo. A única vez que recebi uma ajuda pequena do governo foi com a [...]
Page 6 of 7
1 2 3 4 5 6 7